O que significa Calvinismo?

"Calvinismo significa que Deus, Senhor dos céus e da terra, é absolutamente soberano sobre todas as coisas, boas e más, na terra e no céu, e mais particularmente o calvinismo significa no que diz respeito à salvação que Deus escolhe e elege pessoas em Cristo que vem no tempo e coloca os seus pecados na cruz, de modo que pela Sua maravilhosa graça homens totalmente depravados e incapazes e sem qualquer livre-arbítrio, são trazidos voluntariamente ao Reino de Deus e guardados pela graça de Deus! Porque 'quem Ele predestinou também chamou, e quem Ele chamou também justificou, e quem justificou Ele também glorificou' - Romanos 8:30." Rev. Angus Stewart (www.cprc.co.uk)



sexta-feira, 28 de agosto de 2009

O Livre Arbítrio Refém


"Ninguém pode roubar os bens do valente, entrando-lhe em sua casa, se primeiro não manietar o valente; e então roubará a sua casa."
Marcos 3:27

O Diabo, ensinou o Senhor Jesus Cristo, só veio para matar, para roubar e para destruir enquanto Deus-Filho veio para dar vida e dar vida em abundância.

Tanto na passagem acima em Marcos como no capítulo referente a João 10:10, Jesus é acusado de ter demónio, blasfemando assim imperdoavelmente contra Deus. Ainda hoje, a mesma fúria possui os farisaicos religiosos quando confrontados com a verdade da eleição particular e soberania de Deus. Todo o homem é perverso totalmente e adverso a tudo o que expõe com verdade e realidade o Senhor Deus Forte e Poderoso em completa santidade e inacessível luz de glória eterna.

O homem está verdadeiramente refém de sua natureza pervertida pelo pecado. Sua casa é roubada pelo reino de Satanás. O homem gosta de disfarçar sua ruína e assim se cobre com trapos de imundícia. Imaginem, aparecer diante de vós um homem com manias de realeza, mas que o cheiro, as roupas imundas, as palavras ébrias e o andar cambaleante não condizem com suas afirmações.

Na verdade o homem foi manietado e não é livre a menos que Cristo o liberte. Está amarrado pelos seus pecados que nascem como mosquitos num charco de lodo. É preciso mover as águas paradas de sua alma, é preciso que Cristo os liberte e lhes dê vida e vida abundante, é preciso nascerem de novo espiritualmente pelo poder do Espírito Santo.

Enquanto isso, são reféns dentro de seus próprios corpos. Escravos de acções odiosas, pensamentos imundos, sentimentos indomáveis! Querem ser livres, mas enquanto não reconhecerem sua perdição, sentirem sua incapacidade, iludirem-se na sua liberdade e poder próprio, não serão jamais libertados do jugo do pecado e do ferrão da morte.

Por causa disto é que é detestável a pregação dos hipócritas farisaicos dos "evangélicos" modernos. Alimentam as moscas do lamaçal e lixeira dos corações dos irregenerados. Engordam as almas destes corações orgulhosamente perversos. Enquanto eles se enrolam, os farisaicos dão-lhes cordas para os atar ainda mais numa ilusão que conduz à perdição eterna.

Sem Cristo estais perdidos! Clamai a Deus que vos liberte! E se ouvirdes a Sua voz, sereis certamente ovelhas do Seu aprisco (João 10:16).

Vós portais, cabeças erguei,
Entradas eternas do Rei,
E entrará o Rei da Glória.
Quem é este Rei da Glória?
É o Deus forte, Rei dos Céus,
Poderoso na guerra é Deus!

(Saltério de Genebra, Salmo 24)

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

O Samaritano do Pentecostal


"Vós adorais o que não sabeis; nós adoramos o que sabemos porque a salvação vem dos judeus. Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem." João 4:21,22

O Senhor Jesus estava a falar com uma mulher que não o conhecia, não reconhecia o Filho de Deus, não vivia piedosamente, acreditava que no engano de sua vida e até tinha uma religião.

A religião dos samaritanos era uma mescla de judaísmo. Tinha um pouco de verdade e um pouco de erro. A semelhança era tanta que Zorobabel fora confrontado por este povo mestiço que acreditava que o deus deles era o Deus da Aliança, o Deus de Israel - Jeóva! (Ed 4)

Zorobabel teve de ser bem claro, ou como dizemos nos nossos dias, teve de ser curto e grosso e expulsar a proximidade sugestiva dos samaritanos e rejeitar toda e qualquer ajuda ou insinuação de andarem juntos.

Hoje temos de novo um povo misto insinuando-se ao povo de Deus. Os pentecostais (espirituais) que foram rejeitados na reforma por Lutero e Calvino, rejeitados pela igreja ao longo dos séculos até mesmo no século 20, foram de forma gradual sendo aceites de fora para dentro, isto é dos grupos mais fracos doutrinariamente - arminianos, amiraldianos e até por fim os calvinistas "mansos" do século 20.

Hoje estão instalados e encontram-se entre todas as denominações qual cancro que corrói os ossos. Estes são conhecidos de uma forma mais ambígua por "carismáticos" e são a prova final dos últimos tempos e da iminência do Anticristo!

Um pentecostal vive para ir ao poço buscar água para a sua sede semanal, ou até mesmo diária. Anda de campanha em campanha, buscando no fundo do poço a água que nunca vai achar nesse lugar: "Mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede, porque a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água que salte para a vida eterna." (João 4:14)

O povo também já não sabe bem o que dizer... são tantos os degraus que se foram aceitando que conduzem ao carismático que nada é mais francamente claro!

A Igreja Verdadeira (reparem que não digo perfeita) é aquela que tem as águas vivas que brotam de uma nascente da Rocha que é Cristo! É essa revelação de Cristo que soberanamente é concedida em graça por Deus em Espírito e em VERDADE que falta a qualquer poço de águas paradas e que só sustentam as necessidades desta vida.

Tudo num pentecostal é bebida e comida, fome e sede, carnalidade... Tudo num pentecostal é terreno, baixo e pérfido. Tudo num pentecostal é imitação, fraude, ganância. Tudo tem haver com as vitórias nesta vida e os tesouros deste mundo. Assim, enquanto que no natural eles estão indo ao fundo do poço que é suas igrejas, na vida espiritual eles estão apenas se espojando ou se conspurcando num charco de lodo.

Mas os cristãos conhecem a Casa do Senhor, o Dia do Senhor, a Palavra do Senhor. Pois na Casa de Deus encontram-se num templo de tempo santo para cultuar segundo a Sua Palavra na Sagrada Escritura e pelo poder do Espírito Santo, o Espírito de Cristo, o Espírito da VERDADE!

Desta ROCHA saem rios de água viva que conduzem ao trono de Deus, e habitaremos na Casa do Senhor por longos dias, amém!

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

"Líderes da IURD acusados de crime"


A pedido do Ministério Público de São Paulo, decorre uma acção criminal contra dez membros da IURD, sob acusação de associação criminosa e lavagem de dinheiro.
Segundo o jornal Folha de São Paulo, foram acusados o líder da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), Edir Macedo, e outros nove membros da igreja evangélica.
A investigação mostra que, somando transferências atípicas e depósitos bancários feitos por pessoas ligadas à igreja, o volume financeiro da IURD de Março de 2001 a Março de 2008 foi de oito mil milhões de reais (3.066 mil milhões de euros), segundo informações do Conselho de Controlo de Actividades Financeiras (Coaf), órgão do Ministério da Fazenda brasileiro.
A movimentação suspeita da Igreja Universal somou quatro mil milhões de reais (1.533 mil milhões de euros) de 2003 a 2008.
Os recursos teriam servido para comprar emissoras de televisão e rádios, empresas financeiras e agências de turismo e aeronaves.
Em resposta ao jornal, Arthur Lavigne, o advogado dos dez líderes da Igreja Universal, indicou que as empresas apontadas pelo Ministério Público como fachada para a movimentação do dinheiro pago por fiéis como dízimo já foram fiscalizadas pela Receita Federal e tiveram suas contas aprovadas.



------------------------------------------------------------------------------------------


- Será que vai mesmo começar a ASAE Evangélica? Deus ouve os clamores do seu povo mesmo. Faz justiça Senhor!

sábado, 8 de agosto de 2009

ASAE EVANGÉLICA?


A ASAE está tendo problemas por tentar regular e aplicar a justiça aos infractores num país onde se tornou hábito ter regulamentos para não respeitar. Mas e se a ASAE alargasse as suas abrangências e dentro de um quadro da "concordata", por exemplo, passasse a fiscalizar tudo o que é barraco mercadejante da fé dos fracos sob o nome hiper-abrangente que assume hoje a religião evangélica?

Seria bom o país que já teve na história um passado triste de enviar hereges para o fogo e todos os discordantes da religião católica romana, tivesse agora com bom senso um pouco de regulação sobre a exploração e enriquecimento dos abutres feitos evangelistas que andam por aí fazendo comércio da fé dos desprotegidos!

Não seria isso também cumprir o mandato de Cristo de proteger o fraco e oprimido, a viúva e o órfão? É absolutamente inaceitável que o mundo do futebol assuma hoje mais importância para a sociedade a ponto de haver investigações tipo "apito dourado" e perseguição jurídica e criminal a presidentes de clubes e árbitros, quando os grandes ladrões que furtam as esperanças dos mais desesperados continuam de asas a abanar...

Qualquer um pode ser presidente de futebol? Claro que não, é preciso ganhar eleições, assumir responsabilidades, prestar contas, etc. É qualquer um que abre um restaurante? Claro que não, é preciso condições de higiene e segurança alimentar, etc. Qualquer abrir uma farmácia? Qualquer um pode abrir uma escola? Qualquer um pode abrir uma padaria?

Mas qualquer um pode montar um circo e chamar as pessoas sob a promessa de curas milagrosas, e fazer uma colecta equivalente à fé delas para serem curadas... tse, tse... Não é este o Deus da Bíblia.

É verdade que em nome da fé já se fez e continua-se a fazer muitas barbaridades, mas que tal um pouco apenas de regulamentação? Uma ASAE evangélica seria bem vinda para escrutinar que aqueles que dizem ser o que não são e afirmam fazer o que não fazem pudessem ter a justa punição!

Afinal, as autoridades são instituídas por Deus para castigar os infratores.
Quem tem medo... tem?

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Pregação Expositiva ou Profanação Maldita


Muito se fala ultimamente de pregação expositiva como uma alternativa e um modelo sugerido pela Escritura Sagrada, ao invés de, a única forma prescrita pelas Sagradas Letras para a pregação bíblica nos cultos reservados a Deus. Gosto muito de ser edificado por livros que instruem nas verdades de Deus, porém, ao mesmo tempo a tristeza atinge-me poderosamente pela falta de verticalidade, coragem, ousadia, compromisso e fidelidade que neste tempo presente evidenciam os que têm a responsabilidade da guarida do rebanho do Senhor.

Nunca deve ter havido um tempo com tão poucos pregadores em comparação com os muitos religiosos palradores que contaminam os seus ouvintes com fétidos discursos idólatras. Muitos são jovens apóstatas e heréges num tempo em que ninguém é chamado apóstata e herége mais...

O que é idolatria? Num sentido mais amplo podemos dizer que é tudo aquilo que é feito para agradar a Deus à sua própria maneira e não levando em consideração o que o próprio Deus tem a dizer sobre tal matéria.

Deus nos livre desta geração perversa que multiplica a nulidade da sua imaginação por um expoente igual ao número de pensamentos por segundo de cada uma dessas cabeças enfermas, e divide pela inexistente responsabilidade para com Deus e para com os homens, e em especial para com a igreja.

É verdade que a pregação da Palavra de Deus é um meio da graça entre outros, mas é um mais elevado e central de todos. Esta pregação só pode ser expositiva, para ser submissa à Escritura Sagrada e ser sujeita ao julgamento dos que a ouvem. De outro modo como poderíamos julgar a pregação? Como poderíamos imitar os berianos? Como poderíamos expor os falsos ministros? Como a igreja poderia condenar a heresia proferida por alguém, defender a igreja do mau testemunho de tantos e proteger os fieis daqueles que falam a imaginação do seu coração e não a Lei, nem o Testemunho ou a Palavra dos lábios de Deus?

Profanar o Templo é o que fazem todos os que sobem aos púlpitos e abrem os seus lábios em mentira diante do Deus Vivo, anunciando um Deus imaginário, indicando um caminho outro além de Cristo (pensem no caminho da prosperidade, dos dons e poder, das conquistas terrenas, do controlo do seu próprio destino, etc.).

É certo que dá incomparavelmente mais trabalho e canseira o pregar a Cristo! É claro que dá menos palmas e mais perseguição. É lógico que a oposição se manifesta contra o ungido do Senhor e ao seu povo... Mas não há alternativa! Pregar a Cristo é vida para os mortos, é luz para os cegos, é ouro para os pobres, é água para os sedentos, é pão para os famintos, e é GLÓRIA PARA DEUS.

Para pregar a Bíblia Sagrada é preciso estar e ser instruído nas Sagradas Letras, pois a boca fala do que o coração está cheio.

Enche-nos ó Pai do teu celeste ensino, enche a nossa boca dos tesouros da tua Palavra. Tem misericórdia do teu povo e livra-os dos lobos difamadores que ameaçam o teu rebanho.

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Conferência IGREJA CRISTÃ PRESBITERIANA DE PORTUGAL: A Batalha de Calvino pela Reforma"



video


Nos dias 3 e 4 de Junho de 2009, a Igreja Cristã Presbiteriana de Portugal recebeu o Rev. Angus Stewart para uma conferência sobre o grande reformador francês João Calvino, que este ano faz 500 anos do seu nascimento em 10 de Julho de 1509.